sábado, 6 de fevereiro de 2010

A MENSAGEM PARA HOJE

A Fragilidade de Um Homem de Fé 
 
Gênesis 11:31,32 e 12:9 a 20.


         
                               Esta passagem podemos tirar como um alerta ao perigo de "descermos ao Egito" e nos embaraçarmos com ele. O Egito representa o mundo e suas concupiscências. Não podemos "descer" de nossa posição privilegiada em Cristo e correr o risco de nos envolvermos com as coisas deste mundo. Abraão deveria confiar na providência divina a despeito de qualquer situação adversa. Estando no Egito, as provações logo vieram. O pai da fé haveria de mentir para salvar a própria péle. Abraão fizera um concerto com Sara a fim de que ela passasse por sua irmã, e no caso de ser reclamada, ele ficasse com vida.

Por esta falta, Abraão expôs sua honra e a de sua esposa e trouxe a censura de todo o povo sobre si, e, se não fosse a intervenção de Deus, ninguém poderia saber o que teria acontecido. Se estivéssemos no lugar de Abraão agiríamos de modo diferente? Devemos permanecer firmes, observando a direção de Deus para nossas vidas!

A fome era frequênte em Canaã. Talvez por castigo divino aqueles povos iníquos, as pastagens para o gado tinham secado, faltava a preciosa água dos ribeiros e mesmo o trigo para fazer o pão. Nada se podia fazer para evitar aquela triste situação. O único jeito era mudar-se para o Egito, onde o Nilo fornecia água abundantemente.

Ao aproximar-se do palácio de Faraó, o mêdo tomou conta de Abraão por imaginar que o monarca o mataria para colocar Sara em seu harém. O mêdo e a insegurança levaram-no a recorrer a MENTIRAS e SUBTERFÚGIOS. O resultado não poderia ser outro. Deus interveio com flagelos. Faraó percebeu que alguma coisa estava errada e expulsou seus visitantes da terra. Abraão deveria crescer a fim de aproximar-se do padrão divino exigido para sua vida.

Amados leitores, a fé nas promessas de Deus estimula cada passo da nossa jornada espiritual quando andamos na vontade de Deus. Abraão já aprendera muito quanto à importância de trilhar a senda da obediência: contudo ele não pôde evitar as circunstâncias adversas ao longo do caminho da fé. Grandes provações ele teria de passar para que reconhecesse a soberania divina e sua dependência dÊle. Após chegar à terra prometida. Abraão se depara com a fome, o que à primeira vista contrariava as promessas. A seguir, um caminho de provações se iniciava na vida de Abraão, expondo toda a sua fragilidade.

1- As provações inevitáveis:

Na vida cristã, ao trilharmos o caminho da fé não imaginamos encontrar dificuldades e adversidades. O texto declara que "havia fome naquela terra". Aprendemos com este fato que o caminho com Deus através da fé não esta livre de provações. A vida de um fiel cristão não pode ser julgada negativamente por causa das suas provações. Na verdade, o caminho da obediência ao Senhor, às vezes, é muito difícil para a carne e o sangue. Quantas vezes um crente é injustiçado e julgado pelas aparências. Abraão havia chegado à terra que Deus lhe escolhera, mas não contava êle com a fome naquele lugar. Já aconteceu algo assim com você?

2- O perigo de escolhermos os nossos caminhos.

"Abraão desceu ao Egito". às vezes tomamos decisões erradas pressionados pelas adversidades. Abraão estava vivendo uma situação geral difícil. Seus problemas incluíam uma esposa estéril, a separação de seus parentes, e ainda uma terra seca que não produzia nada. A Bíblia diz em PV 14:12. "Há caminhos que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte".

Abraão precisava manter-se fiel à direção divina para que as coisas dessem certo. È sempre perigoso sair da direção divina e passar a dirigir a própria vida. O caminho para o Egito é sempre ilusório e termina em frustração. Pois é no Egito que que está todo um sustentáculo, humanamente falando, todas as estruturas para enfrentar uma época de crise, ou mesmo estabelecer um espaço, onde possa ter uma garantia de vida melhor.

3- As consequências das decisões sem Deus.

Quando saímos da direção divina, somos responsáveis pelas consequências das nossas decisões. A lei da semeadura comprova que da semente que plantei devo colher seus frutos, bons ou maus. A despeito das atitudes erradas de Abraão, o Senhor não o abandonou. Pelo contrário, protegeu-o da morte, para que Abraão entendesse que melhor é o caminho traçado por Êle.

4- Abraão fraqueja na fé.

Ao descer ao Egito, atraído por uma civilização mais adiantada, logo surgiram as dificuldades. Esse casal ao seguir para o Egito saiu da direção de Deus, mesmo assim, Deus não os abandonou. Na linguagem figurada da Escritura, como em Apocalipse 11:8, o Egito prefigura o mundo com suas faculdades. Sempre que o crente se envolve com o mundo e o seu modo de viver, decai da fé e da comunhão com Deus.

5-Dirigindo-se a si mesmo.

Sempre que deixamos o caminho da fé em Deus e da direção divina, passamos a dirigir erradamente nossa vida e a sofrer as consequência desses pecados, seus erros e rebeldia.

A direção divina é imprescindível em nossa vida. Abraão correu perigo de vida no Egito, ante os fatos descritos nos versículos 11:16. Abraão e Sara tramaram uma situação que os fez usar a mentira, a dissimulação e a duplicidade de caráter.

6- O caminho dos desobedientes e fracos na fé.

A fraqueza da nossa fé nos torna vulnerável na batalha da vida em todos os seus aspectos. No caminho da fraqueza espiritual, tornamo-nos vítimas de atitudes, as quais não conseguimos evitar. Três atos pecaminosos foram praticados por Abraão e Sara quando deixaram de confiar em Deus e passaram a viver e seguir suas próprias idéias.

O FINGIMENTO > Abraão propôs a sua mulher que fingisse ser sua irmã, e não sua espôsa, porque, sendo Sara muito bonita, entendeu que ela sendo sua irmã, os egípcios não o matariam por causa dela. (como muitos outros aí tambem está Abraão querendo se apoiar, ou seja confiar sua segurança em sua mulher.) (a figura) O fingimento é uma forma de mentira, engano, hipocrisia, logro. Quem anda fóra da vontade de Deus entra por caminhos tortuosos de que era a irmã de Abraão e não sua mulher. A Bíblia condena a dissimulação e o fingimento.

DUPLICIDADE DE CARÁTER> È a pessoa apresentar-se com "duas caras". Abraão induziu sua mulher à duplicidade de caráter, levando-a a dissimular, mentir e agir com falsidade. Deixar os caminhos do Senhor é perder o temor de Deus e expor-se aos mais absurdos pecados. O salmista diz: "Aborreço a duplicidade, mas amo a tua lei". A duplicidade de caráter é o uso de má fé para obter algum tipo de lucro. Tiago escreveu que o "O homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos".

A MENTIRA> "Dize, e peço-te, que és minha irmã para que me vá bem por sua causa". Abraão induziu sua mulher ao pecado da mentira, visando proteger sua vida, mas também, para tirar proveito material dessa mentira.

Quando alguém anda fóra da vontade de Deus, a mentira não faz muita diferença. Se não fosse a intervenção de Deus naquele reprovável episódio. Abraão teria sido morto e sua mulher não escaparia ao vexame de torna-se concubina de Faraó. Diz a Bíblia que "suave é ao homem o pão da mentira, mas depois, a sua bôca se encherá de pedrinhas de areia".

DEUS INTERFERE NA VIDA DE ABRAÃO E SARA.

Apesar dos erros do casal. Deus teve compaixão deles e não os julgou segundo os critérios humanos. A justiça de Deus está ligada à sua misericórdia. Se assim não fôsse, não haveria esperança para o transgressor. Eles não foram abandonados pelo Senhor, mas Ele os deixou, por um pouco, à mercê das consequencias de seus erros para que voltassem a confiar unicamente em Deus. Misteriosamente, Deus não permitiu que Faraó tocasse em Sara, e mais: o rei e sua casa foram feridos com grandes pragas. A despeito da intervenção divina, Abraão e Sara passaram vexames por causa de sua mentira e fingimento.

A GRANDE LIÇÃO QUE ESTA HISTÓRIA NOS ENSINA.> Abraão e Sara foram salvos, graças à intervenção divina para tirá-los daquela terra. Preservaram seus bens materiais, mas tiveram prejuízos morais e espirituais que marcaram fortemente suas vidas. Muitos de nós já sofremos coisas assim. Acumulamos bens materiais, mas com prejuízos na vida espiritual.

ENFRAQUECIMENTO NA FÉ> Enquanto Abraão esteve fóra da vontade de Deus e em terra estranha, não conseguiu construir nenhum altar ao Senhor, como fizera antes. A Bíblia declara que o "ministério da fé é guardado em uma pura consciência".

TESTEMUNHO FRACO> Abraão e Sara saíram do Egito com mau testemunho do seu Deus e ainda foi repreendido pelo seu procedimento, por um rei pagão.

Quando o crente começa a mentir, fingir e enganar, ainda achando que pode continuar como crente, expôe-se ao ridículo moral, social e espiritual.

FÉ COMBATIDA. > A Bíblia diz que existe uma lei escrita no coração de cada criatura, tendo a consciência como testemunha juntamente com os pensamentos, para acusar ou defender o ser humano conforme os seus atos.

No caso de Abraão, sua fé em Deus descera a um baixo nível e as consequências disso foram dados por faraó, estivesse entre os mesmos Hagar, a qual lhe traria tantos problemas.

Encerrando quero deixar registrado minha opinião sobre este episódio tão marcante na história do nosso Pai na Fé.

Aprendemos que devemos ter cuidado com a nossa fé para não sofrermos o que sofreu Abraão e Sara, os quais expuseram-se aos maiores perigos. Abraão e Sara aprenderam com o sofrimento, pelo fato de dirigirem seus próprios passos e largarem o caminho da direção de Deus.

Infelizmente a conduta ética geral dos cristãos varia muito pouco em comparação com os não-cristãos, com grande exceções, é óbvio. Tristemente, os cristãos obedecem apenas às leis que lhes interessem, "seletivamente".

"Os critãos não são salvos apenas de alguma coisa (pecado), mas também para alguma coisa (o Senhorio de Cristo sobre toda a vida). A vida cristã começa com a restauração espiritual, a qual Deus trabalha com a pregação de sua palavra(vivência), praticando o amor, a piedade e as ordenanças, no exercício dos dons espirituais dentro da igreja local.

Medite: Somente a pessoa redimida e cheia do Espírito de Deus, pode genuinamente conhecer e cumprir os planos de Deus em sua vida.


Apóstolo Antoniony Cintra

Um comentário:

airton disse...

goste muito mesmos destas mensagem q o senho atraves de vc mandou para mim no momento e q eu mais presiso gostaria de receber em meu email alearaujo1992@hotmail.com

MENSAGEM DO EVANGELHO PARA OS NOSSO DIAS