terça-feira, 29 de novembro de 2011


O JEJUM QUE AGRADA A DEUS – Mateus 17.14-21

I – POR QUE EM CERTOS CASOS OS DEMÔNIOS RESISTEM? Por que os discípulos não puderam expulsá-lo?

·         GERAÇÃO INCRÉDULA E PERVERSA. V.17

Jesus aponta duas coisas: INCREDULIDADE e PERVERSÃO. E isso não era na pessoa que estava sendo atendida, nem nos discípulos que tentaram libertá-lo, mas NA GERAÇÃO; em outras palavras, Jesus está apontando para o contexto da sociedade religiosa que estamos atuando. Temos que pedir perdão a Deus pela incredulidade e perversidade da sociedade (do meio) em que vivemos.

·         FÉ PEQUENA v.20

Jesus aponta, agora, a falta de fé, ou incredulidade, na pessoa do ministrador (discípulos). Mostra-nos que a Fé tem que ser uma Fé Genuína e nao mesclada de regras ou simbolismo religiosos, como um grão de mostarda (isto é, partindo de uma Fé pequena ela cresce, até tornar-se uma Fé Perfeita, como uma árvore – Mateus 13.31 e I Coríntios 13.2). Podemos chamar de Fé em crescimento constante, uma firme persuasão.

·         FALTA DE ORAÇÃO E JEJUM. V.21

Novamente Jesus chama a atenção para a vida do ministrador. Estas duas condições se cumpriam na vida dele (Jesus), mas não na vida dos discípulos que anteriormente tentaram curar aquele rapaz. Jesus nos alerta quanto à necessidade de nossa vida ser uma vida de jejum e oração. MAS QUE TIPO DE JEJUM? QUAL É O JEJUM QUE AGRADA A DEUS?

II – CARACTERÍSTICAS DO VERDADEIRO JEJUM – Isaías 58. 1-14.

VV 1 a 5 – O jejum era praticado, mas religiosamente. O texto diz que as pessoas estavam vivendo em pecado (v.1) e mesmo assim buscavam a Deus (v.2). E murmuravam: “Por que jejuamos nós e tu não atentas para isso?” v.3.

E qual foi a resposta do Senhor? Ele lhes disse que jejuavam com displicência: (No dia em que jejuais cuidais dos vossos próprios interesses…). Jejuar não é simplesmente deixar de comer! Além disso, na vida deles havia “contendas e rixas”. “Seria este o jejum que escolhi? – diz o Senhor. V.5.

Precisamos parar e olhar para a nossa vida. Antes de tudo, Deus requer uma vida de integridade e santidade! Ele não se importa com práticas religiosas, rituais! O que ele quer é uma vida transformada.

CARACTERÍSITICAS DO VERDADEIRO JEJUM:

01 – SOLTAR AS LIGADURAS DA IMPIEDADE (V.6)

Fazer “quebra de vínculos” ou “renunciar as práticas do passado”, renunciar tudo o que nos prende a satanás.

02 – DESFAZER AS ATADURAS DA SERVIDÃO (V.6).

Se houver brechas, que permitam a entrada de demônios em determinadas áreas de nossa vida, essas áreas (ataduras da servidão a esses demônios) precisam ser desfeitas. Sempre que, em alguma área de nossa vida, a nossa vontade foi atingida pela vontade do inimigo (exemplo, mentiras, pensamentos impuros, orgulho religioso e etc), essa área é serva dele (I João 3.8; Romanos 6.16) e precisa ser liberta, com a expulsão do demônio que esteja atuando. Desatando a alma do espírito para que ele não possa mais interferir na nossa mente. Hebreus 4.12.

03 – LIBERTAR-SE DA OPRESSÃO – RECEBER CURA INTERIOR V.6.

A opressão satânica normalmente se caracteriza por sintomas na vida da pessoa, tais como: amargura, medo, tristeza, ansiedade, preocupação, nervosismo, sentimento de culpa, agressividade, etc. É preciso haver uma ministração pessoal nessa área, para livrar-se da opressão.

04 – DESPEDAÇAR OS JUGOS. V.6

Jesus disse: “o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” Mateus 11.30. Quantos de nós temos levado jugos que nos foram impostos pelo inimigo, sistema religioso! Alguns até com pretexto de “ser espiritual” como (usos e costumes). O filho de Deus é guiado pelo Espírito de Deus.

05 – PRATICAR O AMOR. V.7

Alguns exemplos: repartir o pão, dar abrigo, vestir quem está nú socorrer e etc. Lembremo-nos do bom samaritano. Lucas 10.25.

06 – NÃO ACUSAR, NÃO INJURIAR. V.9

“Se retirares o DEDO que ameaça… e o FALAR mentiroso.” O Espírito Santo jamais acusa. Ele convence (João 16.8). CONVENCER É DIFERENTE DE ACUSAR. O jejum que agrada a Deus não admite inverdades (mentiras ou omissões).

07 – GUARDAR O DIA DO SENHOR. V.13 – O que é profanar o dia do Senhor? É cuidar dos nossos próprios interesses nesse dia, hoje! nesse dia que deve ser santificado ao Senhor e nao em dias semanais. 

A melhor maneira de limparmos nossa vida dessas falhas está em Tiago 5.16.

III – CONSEQUÊNCIAS DO VERDADEIRO JEJUM PARA VOCÊ.

·         A sua vida irromperá como a alva (Isaías 58.8,10); será como o meio dia! (Provérbios 4.18).

·         A sua cura brotará sem detença, ou seja, a vida que você ministrar será curada sem demora. Não haverá demônio que possa resistir!

·         A sua justiça irá adiante de você (v.8).

·         A glória do Senhor será a sua retaguarda (v.8).

·         O Senhor responderá ao seu clamor (v.9), dizendo: EIS-ME AQUI!

·         O Senhor o guiará continuamente (v.11).

·         O Senhor fartará sua alma, até em lugares áridos (v.11).

·         O Senhor fortificará os seus ossos: saúde física, resistência!

·         Você será como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas jamais faltam (v.11).

·         Edificará as antigas ruínas (v.12): Tudo o que satanás destruiu na sua vida será restaurado! “Ruínas” nesse caso quer dizer "Maldições", que serão substituídas por “Bênçãos”.

·         As brechas serão fechadas na sua vida (v.12).

CONCLUSÃO: O que importa no verdadeiro jejum é eliminarmos tudo o que se refere à religiosidade e preceito impostos pelo homem. Não é pagar um preço de sacrifícios, pois Cristo já se sacrificou por nós, e sim viver uma vida de Integridade e Santidade ao Senhor. Aí usufruiremos das bênçãos deste jejum: “Então te deleitarás no Senhor!” Isaías 58.14.

Um comentário:

. disse...

Padre:

Parabéns Belo estudo do Jejum. Não tinha tanto conhecimento até sobre isto. Até me acho leigo nesse assunto.
Queria ressaltar apenas uma parte é que o Senhor comentou que a fé alcança uma perfeição e isto não ocorro, o homem vive oscilando em sua fé, embora a tenha, há momento que se crê muito e há momento que se crê pouco. Acho que as próprias dificuldades da vida permite ao homem esta oscilação.
Abraços
Parabéns pelo texto. Excelente.

MENSAGEM DO EVANGELHO PARA OS NOSSO DIAS